Museu das Migrações e das Comunidades

O Museu das Migrações e das Comunidades foi criado em 12 de Julho de 2001 por deliberação da Câmara Municipal de Fafe, como plataforma virtual, com a designação de Museu da Emigração e das Comunidades. Foi seu principal animador o investigador fafense Dr. Miguel Monteiro, que contou com o apoio científico da Professora Doutora Maria Beatriz Rocha Trindade, reconhecida por ser a maior especialista na temática das migrações.

A primeira fase deste projecto completou-se actualmente com a reinstalação, no R/C da Casa Municipal da Cultura, do Museu da Imprensa e com a Exposição de apresentação do Museu, dedicada ao tema Fafe e a Emigração.
O Museu das Migrações e das Comunidades funda a sua existência no estudo, preservação e comunicação das expressões materiais e simbólicas do universo migratório e, em especial, do ciclo de retorno dos emigrantes portugueses. Inscreve as suas finalidades na perspectiva do conhecimento dos movimentos migratórios e, em especial, da emigração portuguesa, detendo-se particularmente na emigração para o Brasil do século XIX e na emigração para os países europeus da segunda metade do século XX. Assenta na descoberta dos seus efeitos, decorrentes do cruzamento de povos e culturas, na história económica, social e cultural e naquilo que concorre para a sua compreensão histórica e social.
Esta mostra pretende dar uma ideia do Portugal do qual se partia na busca de melhores condições de vida e dos mundos para os quais se partia e depois se retornava, ou não, e é situada nos séculos XIX e XX, épocas em que o fenómeno da emigração atinge proporções alarmantes, pelo despovoamento a que conduzia o país.

Localização:
Casa Municipal da Cultura de Fafe (Ver no mapa)

Aberto de 2ª Feira a 5ª Feira Entrada Gratuita

Horário

9.00H - 12.30H / 14.00H - 17.30H

Adaptado de cm-fafe.pt